Início - Notícias - Operação do Denarc apreende drogas e arma
Operação do Denarc apreende drogas e arma Imprimir
Sex, 20 de Agosto de 2010 09:22

O Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil realizou na manhã de hoje (20), uma operação para prender um grupo suspeito de tráfico de drogas na Zona Sul do Recife e Jaboatão dos Guararapes. Durante a ação, os agentes conseguiram apreender mais de 800 gramas de crack, seis gramas de cocaína, além de uma pistola calibre 380 com 13 munições e uma balança de precisão. A polícia encontrou alguns objetos usados para esconder e guardar a droga como uma máscara de carnaval e uma bandeja de ovos, montada para o transporte do material sem levantar suspeita da polícia.


A maior parte da droga, mais de 700 gramas estava em poder de David Pereira, 26 anos. Ele foi preso na Travessa da Muribeca, no bairro de Prazeres, em Jaboatão. Com ele os policiais também apreenderam o valor de R$ 1 mil, proveniente da venda da droga e uma motocicleta, usada para transportar o crack. O segundo elemento a ser preso foi Rogério Severino da Conceição, o “Mô”, 22 anos. Uma pedra com aproximadamente 40 gramas de crack estava escondida em sua residência, que fica no bairro de Setúbal, área sul do Recife. Também foi encontrada a quantia de 11 dólares. No momento da abordagem a sua mãe, Luzinete Francisca da Conceição Leão, 46 anos, também foi presa quando tentava esconder na casa de um vizinho a arma de fogo do filho.


Segundo a polícia, ela também participava do tráfico. “David era encarregado do fabrico e Mô fazia o tráfico e a cobrança das dívidas de droga. Eles são amigos desde de criança e a Luzinete apoiava toda a ação criminosa”, disse o delegado Antônio Resende, que investigava o grupo a cerca de um mês. O quarto e último suspeito a ser detido foi Domingos Sávio de Assunção, de 33 anos. Ele escondia em casa, na comunidade do Bode, no bairro de Boa Viagem, vários papelotes de cocaína e crack. David repassava em grosso e ele revendia a droga em varejo, dividindo em pequenas quantidades.


Todos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Luzinete e o filho vão responder também por porte ilegal de arma de fogo, na modalidade ocultação. Os três devem seguir ainda hoje ao Centro de Triagem, em Abreu e Lima e a mulher será encaminhada a Colônia Penal Feminina do Recife.