Início - Notícias - PCPE evita assalto a agência bancária e prende dois integrantes da quadrilha de Paulo Donizete
PCPE evita assalto a agência bancária e prende dois integrantes da quadrilha de Paulo Donizete Imprimir
Ter, 29 de Agosto de 2017 07:00

Policiais da Delegacia de Polícia de Roubos e Furtos (DPRF), coordenados pelo delegado João Gustavo Godoy, prenderam, em flagrante, o pernambucano Sergio Oliveira Dourado, 22 anos, e Edgar Bezerra, 28 anos, natural do Rio Grande do Norte, na tarde dessa segunda-feira (28/08), em Boa Viagem. A dupla, acompanhada de mais dois suspeitos,iria realizar um assalto a uma agência bancária no Recife, quando foram interceptados pela equipe de policiais civis. Eles já estavam sendo investigados e monitorados pela DPRF.

Os acusados atiraram nos policiais iniciando um confronto que terminou na prisão de Sergio e Edgar. A polícia continua realizando diligências na tentativa de capturar os outros dois, já identificados. Os quatro são integrantes do grupo de Paulo Donizete Siqueira de Souza, de 52 anos, considerado um dos maiores assaltantes de banco do País, preso em fevereiro pela Polícia Civil, também em ação realizada no bairro de Boa Viagem.  Sergio, segundo as investigações, é apontado como ponto de apoio da organização criminosa em Pernambuco. Ele é um dos chefes da torcida organizada da Inferno Coral e responde por homicídio, ocorrido em 2013.

Na ação foram apreendidos dois veículos, um Corola que estava sendo utilizado pela quadrilha no momento da abordagem, e um Cruze, localizado na casa de Sergio Dourado. Também foram encontrados, na residência do suspeito, uma pistola .380, dois carregadores, uma pequena quantidade de cocaína, além de joias e relógios de marca - que a polícia suspeita serem fruto de assalto. A dupla foi indiciada por roubo qualificado e associação criminosa e será apresentada, na tarde desta terça-feira (29/08), em audiência de custódia.

A Polícia Civil ressalta que cumpriu o seu dever de proteger a população e dar uma pronta resposta a casos de assaltos a bancos, numa ação técnica e precisa, que resultou na desarticulação de mais uma organização criminosa armada e na retirada de circulação de bandidos de alta periculosidade.