28° C

Polícia Civil de
Pernambuco

Notícias

Últimas Notícias

Login

*para ver o conteúdo é preciso efetuar o login.

DESTAQUES DA PCPE

Notícias

Vamos falar do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (DRACCO), que faz parte da Diretoria Integrada Especializada (DIRESP), cujo resultado de seu eficiente trabalho trouxe bons frutos à população pernambucana.

Somente no ano passado, apesar de estarmos em meio à pandemia, a equipe de investigação realizou 21 Operações de Repressão Qualificada (ORQ), 01 Operação de Intervenção Tática (OIT), cumpriu 244 mandados de prisão e apreendeu 09 armas de fogo.

O Departamento é composto por 08 Delegacias e 117 Policiais Civis, dentre Delegados, Agentes e Escrivães, que investigam os crimes de corrupção; fraude à licitação; peculato; lavagem de dinheiro; crimes cibernéticos e contra a ordem tributária; além do combate às organizações criminosas de criminalidade violenta; repressão aos seqüestros e outros conexos. No ano de 2020, o Departamento conseguiu recuperar mais de 23 milhões de reais em apreensões aos cofres públicos.

“Em 2020, ano desafiador, a Polícia Civil de Pernambuco, por meio do DRACCO, honrou seu compromisso com a sociedade pernambucana. Apesar das dificuldades inerentes à pandemia, o DRACCO realizou diversas ações de repressão à corrupção, à lavagem de dinheiro e ao crime organizado, inclusive fiscalizou o fluxo de recursos destinados à COVID-19, estabelecendo parcerias com agências estaduais e federais. O trabalho culminou na deflagração de 21 operações de repressão qualificada, resultado histórico para um único departamento, revelando, mais uma vez, a assertividade da sua criação”, relata a Delegada Gestora do DRACCO, Sylvana Lellis.

Polícia Civil de Pernambuco: prevenir, apurar, reprimir.