28° C

Polícia Civil de
Pernambuco

Servidor

DELEGADOS DO DRACO PASSAM POR CAPACITAÇÃO INÉDITA



Serviços da
Polícia Civil








Login

*para ver o conteúdo é preciso efetuar o login.

Pernambuco é o primeiro estado da federação a integrar o Programa de Fortalecimento das Polícias Judiciárias (PFPJ), da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), vinculada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. Durante essa semana, ocorre a 1ª rodada do Programa, tendo como tema Corrupção Sistêmica & Delinquência Institucionalizada, com 32 servidores públicos pernambucanos, que atuam no combate à corrupção, reunidos com profissionais das polícias Federal e Civil de outros estados que participaram de operações como a Lava-Jato, Mensalão, Esquema PC Farias, Carne Fraca e Banestado. 
A abertura do evento foi nesta segunda-feira (20) e contou com a presença do Secretário Nacional de Segurança Pública, general Guilherme Theophilo; do Diretor de Ensino e Estatística da Senasp, Jorge Pontes; do secretário de Defesa Social (SDS), Antônio de Pádua; do secretário de Planejamento e Gestão (Seplag), Alexandre Rêbelo; do Chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Kehrle do Amaral; da Corregedora da SDS, Carla Patrícia Cintra, do ex-diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Lacerda, e de diretores da PCPE. A primeira palestra do curso foi proferida pelo general Theophilo e teve caráter motivacional, citando diversos trabalhos já desenvolvidos sobre corrupção e abordando o que será tratado na capacitação. 
O Programa vai contribuir para as ações que já vem sendo desenvolvidas em Pernambuco. O Estado é pioneiro na estruturação de um Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACO), seguindo as diretrizes da lei 12.850/2013. Com menos de cinco meses de atuação, o DRACO já desencadeou 10 operações, desarticulando quadrilhas responsáveis por um prejuízo estimado de R$ 254 milhões ao erário, além de ter efetuado 38 prisões e 67 mandados de busca e apreensão.